sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Carrinho de Aeroporto

Dia de viagem!
Suas malas estão prontas há quase um mês e a ansiedade agora está a mil!
Finalmente irá aproveitar as merecidas férias.
São tantas bagagens para encaixar no porta malas que seu esposo diz parecer a fase mais difícil do Tetris. Coisa de nerd...
O trajeto de carro até o aeroporto foi tranquilo. A empolgação é tanta, que já na chegada você fotografa a torre de comando achando-a linda!
Enquanto o marido tira as malas do carro, você corre para encontrar um carrinho no saguão do aeroporto.
Eis que você puxa um carrinho e ele está travado. Puxa outro que também não sai do lugar. No terceiro você dá um tranco forte, mas mesmo assim, suas rodas não obedecem.
Você pensa em reclamar com o atendente que passava por ali quando uma pessoa pega um dos carrinhos e sai deslizando normalmente. Que raios?!
Então você decide ficar ali observando...
Uma idosa tenta pegar um carrinho e também não consegue. Ela te olha e reclama o descaso do aeroporto com seus viajantes! Você em contrapartida, aproveita o momento para desabafar a falta de investimentos do governo em um dos aeroportos mais movimentados do país! Vocês duas ficam ali reclamando à espera de um atendente para soltar os cachorros.
Eis que um funcionário do aeroporto surge.
Você então cheia de razão empina o nariz e queixa-se com veemência da inoperância dos carrinhos ali estacionados.
O funcionário muito calmo e com um sorriso de canto de boca testa o primeiro deles na sua frente. O carrinho desliza feito patins no gelo!
Você fica com cara de interrogação, como se um verdadeiro milagre surgisse bem na sua frente.
Então, o atencioso rapaz explica que para fazer o carrinho deslizar, basta apertar a barra frontal do mesmo.
Você se sente uma pateta por dois motivos: primeiro por não saber operar o carrinho e segundo por não ter ficado calada...
Ao levar o carrinho até as malas, seu marido te recebe com protesto: por que demorou tanto?
A sua resposta vem rápido: não estava encontrando o carrinho!

E quem sabe um dia você revele a seu esposo a verdadeira história. Até lá, te resta rir sozinha do dia fatídico em que precisou de aulas de direção do carrinho de aeroporto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário