quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Dinheiro, Dinheiro, Dinheiro

Se tem de mais, é cobiçoso
Se tem de menos, é acomodado
Se empresta, é bondoso
Se gasta, é desleixado

Se cobra, é avarento
Se ganha, é sortudo
Se perde, é azarento
Se rouba, é gatuno

Se quer, é ganancioso
Se não quer, é louco
Se doa,  é misericordioso
Se guarda, é cauteloso

Não importa quanto tenha
Você já virou refém
Pois tão logo a grana venha
Por ela você se embrenha
Quer ir sempre mais além




Nenhum comentário:

Postar um comentário