segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Quem canta a fé, canta já é! - Para Arnaldo Antunes

Beleza declamada
Timbre profundo
Mensagem oculta
Desvenda o mundo
Assim tão intenso
Paro e penso
De onde vem Arnaldo?
Mil dons em um
Um e mil pensamentos
Quanto tempo é preciso
Para fazer num só tempo
Arte em sentimento
Sentimento em poesia
Poesia na música
Com tanta maestria?
Daí eu me lembro
Só dá certo se for junto
Arnaldo com Antunes
Na unicidade
Com cumplicidade
Na filosofia
Na profundidade
Eterna sintonia
Agora vai
Partilhe dessa fé
O que foi já foi
E o que importa
Já é!




Nenhum comentário:

Postar um comentário