quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Conto infantil - A flor e a borboleta

Era uma vez uma flor que queria ser borboleta. Ela ficava sempre no mesmo lugar balançando conforme o vento, sonhando em voar alto e quem sabe, visitar as flores mais longínquas. Os dias passavam, as estações trocavam e nada mudava. A pequena florzinha foi ficando triste e foi murchando até restar apenas uma pétala presa à sua haste.
Um certo dia, uma borboleta muito distraída não viu uma baita árvore à sua frente e bateu com muita força no seu tronco. A borboleta se sacudiu tonteada e viu que perdera uma de suas asas. Ela percebeu que não podia mais voar e ficou deprimida.
Eis que um caracol muito inteligente apareceu, analisou a flor e a borboleta e disse:
- Eu tenho a solução para trazer alegria de volta à vida de vocês, mas precisarão confiar em mim. Vou chamar uma amiga e já volto.
Após algumas horas o caracol voltou trazendo consigo a dona aranha, famosa por sua habilidade de tecelã.
A dona aranha então falou:
Hummm... Vai ser difícil, mas acho que dá para fazer!
Sem pestanejar a dona aranha arrancou a última pétala da florzinha e a costurou nas costas da borboleta.
A borboleta então decidiu testar sua nova asa e como um milagre, conseguiu voar novamente. A flor cintilou de alegria por contemplar do céu a mais linda paisagem.
As duas agradeceram imensamente o senhor caracol e a dona aranha por sua bondade e voaram longe para mostrar a todos o grande poder da amizade.

FIM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário