domingo, 31 de julho de 2016

Menino bom da mãe

Que alegria criança
Saber que nasceste
Fruto de um amor caridoso
Que na doação mútua
Enraizou uma nova vida.

Que olhinhos expressivos
E alma inocente
Futuramente
Espelho majestoso
Para tanta gente.

A ti doei minha coragem 
E sorriso
Para que a alegria e a perseverança
Sejam a constância
Que selará em teu nome
Um sinônimo de paz.

Menino bom da mãe
Sei que és a melhor parte de mim
E o melhor presente de um Pai
Que em algum momento disse:
Filha, frutificai!

E só depois que fui o teu berço
Entendi a unicidade
Perante Deus.

Menino bom da mãe
Siga sempre na verdade
Pela verdade
Com compaixão
E simplicidade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário