sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Caminho Eterno


Deixo para trás
Os rastros de passos
Imperfeitos mas humildes
Na verdade dos meus próprios defeitos.

Prefiro ser a rebeldia sincera
Ao jardineiro que planta rosas
Só para garantir um canteiro
Que cante suas glórias.

Tenho consciência
Da pequenez dos meus bons atos
Diante da grandiosidade
Da bondade dos céus à mim.

Sigo com as incertezas
De um horizonte que nasce a cada dia
E desejo que no fim da estrada
Eu mereça um caminho eterno
De paz e alegria.


Resultado de imagem para caminho





Nenhum comentário:

Postar um comentário