sexta-feira, 5 de maio de 2017

Parte de mim

Por que machucas as minhas razões?
Por que feres o meu silêncio e roubas esta paz que tanto esforcei-me a alcançar?
Pisas a minha moral se quiser.
Rasga-me em mil pedaços e joga-me no teu furacão de julgamentos se isso te faz feliz. Espalha-me segundo a tua ótica.
Não serei eu a juíza das in(justiças). Não serei eu nada além de mim, com tudo o que me foi acrescentado.
Ainda não sei que dívidas acumulei e quem é o meu credor, sendo assim, aceito o que vier com os meus instantes.
E quando pensas que estou por um fio, algo vem e me renova. Mas não se engane, não sou especial, sou una, assim como tu és.
Sou una, uma, única. Sou parte de um inteiro. E essa parte... Essa parte nunca é vencida. E ela é terna e eterna.

Lya Gram

Resultado de imagem para energia espiritual

Nenhum comentário:

Postar um comentário