Postagens

Mostrando postagens de Março, 2018

Per a/feição.

Quantas vezes ouvi dizer que a perfeição não existe... Eu tento acreditar, mas logo vejo a mulher. Essa que vira templo de vida e que espera amadurecer dentro de si o filho que a fará entender profundamente a sua magnitude. Essa que chora o seio ferido e em seguida sorri o sorriso de um bebê bem alimentado. Sim, ela é perfeita. É como a rosa, tem seu perfume, tem seus espinhos... Tem tudo o que precisa, nem mais, nem menos. Vai dizer que não é perfeito o olhar de uma mãe que desperta de madrugada e olha pela janela, na ansiedade de ter o filho baladeiro são e salvo dentro de casa? E o que dizer da menina mulher, que chora o amor não correspondido, que devora uma barra de chocolate e que depois ri de si mesma? Tem também a esposa que afaga o ombro do marido dizendo que tudo vai dar certo. Ela que acalma com um beijo toda insegurança, toda dor, toda angústia, mesmo que para isso, engula suas próprias inseguranças, dores e angústias. Tem aquela que nasceu para ser mulher e que en