Poesia do semeador

Semeia ó semeador
Eis que o terreno está preparado
E as pedras rolaram
E os espinhos secaram

Semeia ó semeador
Faz crescer as folhas verdes da esperança
Nesta alma doce de criança
O dom do Teu puro amor

Semeia ó semeador
Faz brotar o fruto da candura
Aquele que derruba a armadura
E cura eternamente toda dor

Semeaste ah semeador
As árvores estão fortes
Muitos mudaram de sorte
Por misericórdia do Senhor



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Diálogo: Muito X Pouco

Somos heróis

Documentário Três Estranhos Idênticos - Ensaio sobre uma ciência desumana